Instituição

Fundada em 2007, a FCR é o sonho, concretizado, de um grupo de atores da sociedade civil, educacional e católica de Rondônia com o apoio da CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

O caminho traçado contou com a participação de pessoas que, competentes dentro do seu universo de conhecimento, souberam agir de forma comunitária para a concretização do sonho. A começar por Dom Moacyr Grechi e Dom Antônio Possamai, idealizadores e fundadores do projeto, que logo tiveram o apoio da Comissão Episcopal para Amazônia, na pessoa de Dom Jayme Chemello, e dos professores Fabio Rychechi Hecktheuer e Márcia Abib que vieram da Universidade Católica de Pelotas para elaborar toda a documentação necessária para a criação da Faculdade Católica de Rondônia. Dessa forma, a FCR abriu suas portas em 2007 com seu primeiro curso (Filosofia) iniciado com somente 40 alunos.

Hoje (2014), conta com mais de 2190 alunos em dois cursos de graduação e mais de 15 de pósgraduação! Além de já ter beneficiado, indiretamente, mais de 15 mil pessoas com prestação de serviços gratuitos, palestras, turmas de pré-vestibular, atividades de extensão e formações diversas. Seu comprometimento com o Ensino Superior em Rondônia se revela ainda com a oferta do Mestrado em História em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC/RS (início 2012) e do Doutorado em Ciências Políticas com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (início 2014). Concretizando assim a atuação nos três níveis conforme apregoa o Ministério da Educação Brasileiro: ensino, pesquisa e extensão.

Para os próximos anos, a FCR pretende implementar 5 cursos de graduação presencial e seu projeto de Educação a Distância (EAD) com 12 cursos de graduação, visando assim atender diversas cidades da Amazônia que não possuem centros de Educação Superior.

Assim, com uma proposta educacional ética, responsável e inclusiva, a FCR objetiva e vem contribuindo na construção de uma sociedade mais justa e de uma vida mais digna e fraterna para os povos de Rondônia, da Amazônia e do Brasil.

Gostou?
(0 votos)
Entre para postar comentários